Os restaurantes orgânicos e a captação de clientes saudáveis

Um restaurante orgânico seria, a princípio, um lugar cuja captação de clientes baseia-se em uma oferta feita com produtos naturais, de agricultura orgânica certificada, livre de conservantes e produtos químicos. No entanto, podemos dizer que o que mais valorizam os clientes que preferem esta forma de consumo mais saudável é que, além de servir comida orgânica, o restaurante tenha uma filosofia natural e sustentável de forma integral. Uma tendência que ajuda a ganhar clientes nos dias atuais e a dar um passo à frente para o que está por vir no ramo de restaurantes.

TheFork Os restaurantes orgânicos e a captação de clientes saudáveisEsens’ALL é um estilo de vida dedicado ao prazer e à cultura, por meio de vários produtos que a natureza nos oferece todos os dias”.  Isto é afirmado no site do restaurante orgânico  Esens’ALL, em Paris, por exemplo, e é bastante comum encontrar este tipo de manifestações na maioria dos restaurantes orgânicos.

Cuidar do corpo e também do planeta, é a premissa, e para ela realmente funcione, o ideal é que isso seja evidenciado em todos os cantos do restaurante, desde a comida, a decoração, os acessórios, os processos de produção, a equipe etc. Se o seu negócio segue esta tendência, continue lendo e certifique-se de seguir valores como estes:

Transparência

TheFork Os restaurantes orgânicos e a captação de clientes saudáveisUm restaurante orgânico de fato deve garantir que sua oferta seja ecologicamente correta, para que os clientes se sintam confiantes . Nesse sentido, é essencial informar a todo momento, por meio da comunicação em mídia digital , publicidade e cardápio, que os produtos utilizados são de origem orgânica e que cumprem os regulamentos em sua área geográfica. Colocar o logotipo que o endossa é uma maneira direta e eficaz.

Basicamente, os clientes que escolhem esse tipo de restaurante querem ter certeza de que a comida vem de uma região artesanal e que não serão enganados com receitas a meio caminho entre o ecológico e o industrial. Querem transparência e clareza. Os restaurantes que fazem isso ganham mais seguidores.

Mesmo que haja receitas que, pela natureza do produto, não correspondam a essas diretrizes orgânicas, também será uma vantagem indicar a sua origem. Se houver uma sobremesa no cardápio feita com alguma fruta que não seja da região, como o papaia em alguns países europeus, por exemplo, é importante dizer.

Gastronomia saudável e cuidadosa

Para os consumidores ecológicos, um grande sinal de que a comida é proveniente de regiões próximas é que o cardápio ou os menus mudam de acordo com os produtos disponíveis a poucos quilômetros. A ideia de “comer de acordo com o que a natureza fornece”. Esta oferta espontânea pode ser combinada com deliciosos pratos fixos feitos com ingredientes disponíveis durante todo o ano, para fazer com que os clientes voltem duas vezes.

Nesse sentido, a ideia é que na cozinha sejam preparadas receitas baseadas principalmente em produtos cuja contribuição nutricional seja de qualidade:

  • Vegetais, hortaliças e frutas frescas.
  • Óleos (de amêndoa, de coco, azeite de oliva etc.) extra virgem.
  • Legumes cultivados de forma orgânica.
  • Água filtrada, não engarrafada.
  • Adoçantes naturais, como melaço de arroz ou de frutas, stevia, mel bruto etc.
  • Sal marinho não refinado.
  • Farinhas não processadas.
  • Ovos de granja.
  • Queijos, leites e embutidos orgânicos.
  • Carnes (de aves, vaca, porco, cordeiro) de animais que pastam no campo e que sejam cuidados de maneira respeitosa.
  • Peixes frescos.

O restaurante A Tulla, em Santiago de Compostela, na Espanha, serve a tendência orgânica há mais de 20 anos. Seu proprietário, um pescador de profissão, manteve a tradição de cozinhar com legumes e verduras de hortas próximas e, claro, serve peixe fresco e frutos do mar. Seguir essa filosofia empresarial o tornou uma referência entre os clientes saudáveis, turistas, clientes eventuais e pessoas que vivem na região.

Variedade e criatividade

Comer de forma saudável também pode ser prazeroso e divertido, então, um outro fator altamente valorizado é que o restaurante seja criativo e variado em sua oferta e que a experiência seja tão memorável como em um restaurante “convencional “.

Cozinhar com produtos orgânicos já é uma garantia de qualidade e de sabores puros e intensos. O valor agregado ou o diferenciador deste tipo de restaurante seria então a originalidade que os caracteriza, criando receitas que podem agradar a todos e fazendo com que os clientes repitam.

Na cadeia de restaurantes orgânicos SLA, na Holanda, é aplicada essa estratégia, pois contam com mais 10 tipos de saladas, que variam a cada 3 meses de acordo com os produtos sazonais. Elas são servidos em tigelas e feitas com ingredientes que misturam texturas, sabores e cores. O local também tem opções vegetarianas, veganas e sem glúten.

Coerência total

Ter uma produção própria (hortas, cervejas de vinho e artesanais), processos sustentáveis e, naturalmente, estar localizado em um entorno natural, é a cereja no topo do bolo para um restaurante orgânico se destacar da concorrência, pois representa uma imagem de coerência total com a filosofia que prega.

Um exemplo de todas estas características é o restaurante Azurmendi, no País Basco, do reconhecido chef Eneko Atxa. Um restaurante localizado em uma colina com vinhedos e hortas próprias, de donde vêm os seus ingredientes. É um edifício composto principalmente de vidro, como uma estufa, e que reúne a água da chuva e a luz solar para o seu funcionamento.

Se o seu restaurante segue esta tendência, certifique-se de que a decoração transmita uma imagem natural (com plantas e muito verde) e que os móveis e a decoração sejam feitos de materiais orgânicos, como madeira, argila, cortiça e pedra. Também será muito valorizado que o restaurante aplique técnicas de reciclagem e de trashcooking e que participe de eventos de responsabilidade social.

TheFork Os restaurantes orgânicos e a captação de clientes saudáveis

E para que a sua captação de clientes deste tipo cresça cada vez mais, não esqueça de adicionar o rótulo “orgânico” no perfil do seu restaurante no TheFork. Ainda não tem um? Clique aqui para anunciar o seu restaurante na nossa plataforma o quanto antes.

Quem apostaria que uma gastronomia 100% orgânica se tornaria um modelo de negócio bem sucedido em escala mundial? Hoje e especialmente no futuro, tudo parece indicar que é e continuará sendo uma forma segura de encher as suas mesas de forma estável. A saúde e a gastronomia andam juntas? Claro que sim!

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Mais de 67 000 trabalham com o TheFork - Experimente sem compromisso -

Junte-se à maior comunidade de restaurantes do mundo e desfrute de:

  • Reservas centralizadas em um software
  • Disponibilidade real diária
  • O seu restaurante pode ser reservado no TheFork, TripAdvisor e mais
  • Mapa do salão personalizado
  • Botão de reserva no seu próprio site, no Instagram e no Facebook
  • TheFork é uma equipe com pessoas reais que estão prontas e dispostas para ajudar você

Informações do restaurante

    R$

    Experimente e, se não ficar convencido, simplesmente cancele.

    Informações de contato

    • Afghanistan (+93)
    • Albania (+355)
    • Algeria (+213)
    • American Samoa (+1)
    • Andorra (+376)
    • Angola (+244)
    • Anguilla (+1)
    • Antigua and Barbuda (+1)
    • Argentina (+54)
    • Armenia (+374)
    • Aruba (+297)
    • Australia (+61)
    • Austria (+43)
    • Azerbaijan (+994)
    • Bahamas (+1)
    • Bahrain (+973)
    • Bangladesh (+880)
    • Barbados (+1)
    • Belarus (+375)
    • Belgium (+32)
    • Belize (+501)
    • Benin (+229)
    • Bermuda (+1)
    • Bhutan (+975)
    • Bolivia (+591)
    • Bonaire, Sint Eustatius and Saba (+599)
    • Bosnia and Herzegovina (+387)
    • Botswana (+267)
    • Brazil (+55)
    • British Indian Ocean Territory (+246)
    • Brunei Darussalam (+673)
    • Bulgaria (+359)
    • Burkina Faso (+226)
    • Burundi (+257)
    • Cambodia (+855)
    • Cameroon (+237)
    • Canada (+1)
    • Cape Verde (+238)
    • Cayman Islands (+1)
    • Central African Republic (+236)
    • Chad (+235)
    • Chile (+56)
    • China (+86)
    • Christmas Island (+61)
    • Cocos (Keeling) Islands (+61)
    • Colombia (+57)
    • Comoros (+269)
    • Congo (+242)
    • Congo, The Democratic Republic Of The (+243)
    • Cook Islands (+682)
    • Costa Rica (+506)
    • Croatia (+385)
    • Cuba (+53)
    • Curaçao (+599)
    • Cyprus (+357)
    • Czech Republic (+420)
    • Côte D'Ivoire (+225)
    • Denmark (+45)
    • Djibouti (+253)
    • Dominica (+1)
    • Dominican Republic (+1)
    • Ecuador (+593)
    • Egypt (+20)
    • El Salvador (+503)
    • Equatorial Guinea (+240)
    • Eritrea (+291)
    • Estonia (+372)
    • Ethiopia (+251)
    • Falkland Islands (Malvinas) (+500)
    • Faroe Islands (+298)
    • Fiji (+679)
    • Finland (+358)
    • France (+33)
    • French Guiana (+594)
    • French Polynesia (+689)
    • Gabon (+241)
    • Gambia (+220)
    • Georgia (+995)
    • Germany (+49)
    • Ghana (+233)
    • Gibraltar (+350)
    • Greece (+30)
    • Greenland (+299)
    • Grenada (+1)
    • Guadeloupe (+590)
    • Guam (+1)
    • Guatemala (+502)
    • Guernsey (+44)
    • Guinea (+224)
    • Guinea-Bissau (+245)
    • Guyana (+592)
    • Haiti (+509)
    • Holy See (Vatican City State) (+39)
    • Honduras (+504)
    • Hong Kong (+852)
    • Hungary (+36)
    • Iceland (+354)
    • India (+91)
    • Indonesia (+62)
    • Iran, Islamic Republic Of (+98)
    • Iraq (+964)
    • Ireland (+353)
    • Isle of Man (+44)
    • Israel (+972)
    • Italy (+39)
    • Jamaica (+1)
    • Japan (+81)
    • Jersey (+44)
    • Jordan (+962)
    • Kazakhstan (+7)
    • Kenya (+254)
    • Kiribati (+686)
    • Korea, Democratic People's Republic Of (+850)
    • Korea, Republic of (+82)
    • Kuwait (+965)
    • Kyrgyzstan (+996)
    • Lao People\'s Democratic Republic (+856)
    • Latvia (+371)
    • Lebanon (+961)
    • Lesotho (+266)
    • Liberia (+231)
    • Libya (+218)
    • Liechtenstein (+423)
    • Lithuania (+370)
    • Luxembourg (+352)
    • Macao (+853)
    • Macedonia, the Former Yugoslav Republic Of (+389)
    • Madagascar (+261)
    • Malawi (+265)
    • Malaysia (+60)
    • Maldives (+960)
    • Mali (+223)
    • Malta (+356)
    • Marshall Islands (+692)
    • Martinique (+596)
    • Mauritania (+222)
    • Mauritius (+230)
    • Mayotte (+262)
    • Mexico (+52)
    • Micronesia, Federated States Of (+691)
    • Moldova, Republic of (+373)
    • Monaco (+377)
    • Mongolia (+976)
    • Montenegro (+382)
    • Montserrat (+1)
    • Morocco (+212)
    • Mozambique (+258)
    • Myanmar (+95)
    • Namibia (+264)
    • Nauru (+674)
    • Nepal (+977)
    • Netherlands (+31)
    • New Caledonia (+687)
    • New Zealand (+64)
    • Nicaragua (+505)
    • Niger (+227)
    • Nigeria (+234)
    • Niue (+683)
    • Norfolk Island (+672)
    • Northern Mariana Islands (+1)
    • Norway (+47)
    • Oman (+968)
    • Pakistan (+92)
    • Palau (+680)
    • Palestine, State of (+970)
    • Panama (+507)
    • Papua New Guinea (+675)
    • Paraguay (+595)
    • Peru (+51)
    • Philippines (+63)
    • Poland (+48)
    • Portugal (+351)
    • Puerto Rico (+1)
    • Qatar (+974)
    • Romania (+40)
    • Russian Federation (+7)
    • Rwanda (+250)
    • Réunion (+262)
    • Saint Barthélemy (+590)
    • Saint Helena (+290)
    • Saint Kitts And Nevis (+1)
    • Saint Lucia (+1)
    • Saint Martin (+590)
    • Saint Pierre And Miquelon (+508)
    • Saint Vincent And The Grenadines (+1)
    • Samoa (+685)
    • San Marino (+378)
    • Sao Tome and Principe (+239)
    • Saudi Arabia (+966)
    • Senegal (+221)
    • Serbia (+381)
    • Seychelles (+248)
    • Sierra Leone (+232)
    • Singapore (+65)
    • Sint Maarten (+1)
    • Slovakia (+421)
    • Slovenia (+386)
    • Solomon Islands (+677)
    • Somalia (+252)
    • South Africa (+27)
    • South Sudan (+211)
    • Spain (+34)
    • Sri Lanka (+94)
    • Sudan (+249)
    • Suriname (+597)
    • Svalbard And Jan Mayen (+47)
    • Swaziland (+268)
    • Sweden (+46)
    • Switzerland (+41)
    • Syrian Arab Republic (+963)
    • Taiwan, Republic Of China (+886)
    • Tajikistan (+992)
    • Tanzania, United Republic of (+255)
    • Thailand (+66)
    • Timor-Leste (+670)
    • Togo (+228)
    • Tokelau (+690)
    • Tonga (+676)
    • Trinidad and Tobago (+1)
    • Tunisia (+216)
    • Turkey (+90)
    • Turkmenistan (+993)
    • Turks and Caicos Islands (+1)
    • Tuvalu (+688)
    • Uganda (+256)
    • Ukraine (+380)
    • United Arab Emirates (+971)
    • United Kingdom (+44)
    • United States (+1)
    • Uruguay (+598)
    • Uzbekistan (+998)
    • Vanuatu (+678)
    • Venezuela, Bolivarian Republic of (+58)
    • Vietnam (+84)
    • Virgin Islands, British (+1)
    • Virgin Islands, U.S. (+1)
    • Wallis and Futuna (+681)
    • Western Sahara (+212)
    • Yemen (+967)
    • Zambia (+260)
    • Zimbabwe (+263)
    • Åland Islands (+358)

    Experimente e, se não ficar convencido, simplesmente cancele.

    Account creation

    Ao menos 8 caracteres e 1 número

    Passwords are not matching