Na gestão de restaurantes, existem falhas completamente naturais, vivenciadas por todo gerente, especialmente ao abrir o negócio. Porém, há outros erros que podem ser calculados e evitados antes de chegar a uma situação agravante. Reunimos neste artigo algumas falhas comuns para que você fique a par e se previna.

1 – Ter um cardápio muito extenso

Há restaurantes que querem satisfazer a todos os gostos, oferecendo assim uma infinidade de pratos. Em suas cozinhas, prepara-se sushi, hambúrguer e risoto da mesma maneira, o que pode funcionar em restaurantes que vivem exclusivamente do turismo, mas, para os restaurantes que querem fidelizar clientes e ter receita recorrente, é um erro apresentar um cardápio tão amplo e contraditório.

Na verdade, segundo as últimas tendências, os restaurantes especializados possuem os melhores resultados, restaurantes dedicados a um produto específico, ou pelo menos a uma culinária específica, uma vez que os clientes são cada vez mais foodies e gourmets.

2 – Montar uma ambientação confusa

Além da comida, a decoração é outro aspecto-chave da gestão de restaurantes. Existem negócios que não dão importância a isso e recebem seus clientes em espaços incômodos e sem personalidade, o que faz com que os clientes não criem uma conexão com o local e, em geral, não voltem ao restaurante.

O ideal é definir uma ambientação que reflita o estilo do negócio. Nas tendências atuais, fazem sucesso os restaurantes temáticos, em que o cardápio, a mobília, as cores, os materiais e todos os elementos transmitam o mesmo conceito.

Leia neste artigo as últimas tendências em decoração de restaurantes.

3 – Ignorar a concorrência

Há gerentes que administram o restaurante com excesso de confiança, esquecendo-se da concorrência, sendo que cada vez mais restaurantes são criados e é cada vez mais fácil encontrá-los e reservar uma mesa neles. Dessa forma, ficar olhando para o próprio umbigo será sempre um erro, pois, além de perder clientela, pode-se perder o sentido da realidade.

Analisar constantemente a concorrência é fundamental, pois isso permite ver, como em um espelho, o que funciona e o que não. Observando a concorrência, é possível ver boas ideias para adaptar ao seu negócio e, mais importante ainda, saber o que definitivamente não se deve fazer pois falhou no concorrente.  

4 – Gestão de restaurantes sem um plano de negócios

Existem restaurantes que abrem suas portas e já vão atraindo novos clientes, que, após verem e provarem da novidade, não voltam ao restaurante, fazendo com que estes comecem a ficar vazios. Fazendo com que o restaurante então vá experimentando diversas estratégias desordenadamente, mas fazendo com que nenhuma delas seja realmente duradoura. Portanto, é imprescindível fazer um plano com estimativa dos resultados esperados a curto, médio e longo prazo, ainda que seja preciso alterá-los no meio do caminho.

O planejamento não deve ser feito apenas da rentabilidade e dos lucros da empresa, mas também de aspectos como a evolução da qualidade gastronômica, do serviço, da equipe, etc. Gerenciar um restaurante com uma direção clara será sempre melhor do que não contar com nenhuma meta e esperar que os clientes cheguem magicamente.

Conscientes desta necessidade, o TheFork Manager, software de gestão de reservas, possui várias funcionalidades para ajudá-lo a tomar decisões de negócio.

Clique aqui para fazer o planejamento do seu restaurante com TheFork Manager

5 – Não ser digital

Atualmente, na gestão de restaurantes, é muito importante manter-se atualizado. Tanto no software que permite gerenciar as reservas de forma eficaz, quanto na visibilidade online, que é indispensável atualmente para atrair clientes, e até no WiFi, que apesar de ser algo imprescindível, te diferencia da concorrência.

Desta forma, os restaurantes que não se adaptarem e continuarem pensando que seus clientes não estão nas redes sociais, ainda que possuam uma boa reputação e tenham filas de espera a sua porta, poderão falir em qualquer momento. Além disso, os recursos digitais servem para melhorar e facilitar os processos de gestão dos restaurantes. Sendo assim, por que não se adequar a estes?

Clique aqui para que seu restaurante ganhe visibilidade com o TheFork

Cometer erros é normal em uma empresa tão complexa como um restaurante. Sem dúvida, há falhas que, com bom senso e uma boa gestão, podem ser evitadas. Esperamos que esses conselhos tenham sido úteis para que você consiga encher seu restaurante sem esses obstáculos ou, ao menos, para que os perceba a tempo.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Ferramenta TheFork

Ideias para tirar proveito da ficha de seus clientes

Ferramenta TheFork

Multiplique seus lucros com Yield Management e TheFork

TheFork 5 tendências para montar o projeto de um restaurante

Dicas

5 tendências para montar o projeto de um restaurante

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Mais de 40 000 trabalham com o TheFork - Experimente sem compromisso -