As chaves para o marketing do restaurante nas redes sociais

O seu restaurante está presente nas redes sociais, mas sem qualquer resultado? Quer conhecer os segredos do marketing nas redes sociais para atrair mais clientes ao restaurante? Estas são questões bastante frequentes entre os responsáveis dos restaurantes com presença na Internet mas que ainda não viram os seus frutos.

Ainda que uma presença bem-sucedida na Internet dependa de diversos factores, determinados pontos-chave podem fazer a diferença na utilização das redes sociais como ferramenta de venda, caso as trabalhe paciente e regularmente.

Estes pontos-chave são os seguintes:

#1- Selecione as suas redes de forma estratégica:

O restaurante não precisa de ter conta em todas as redes sociais se não explorar nenhuma da forma correta. É, por isso, essencial determinar quais as comunidades para as quais quer direcionar os seus esforços. Além disso, determinadas redes sociais correspondem melhor aos objetivos que definiu devido aos respetivos mecanismos de interação. As redes sociais mais utilizadas na restauração são:

– Facebook:

Trata-se da rede social com maior número de utilizadores e que apresenta mais possibilidades de interação. Não basta ter uma página no Facebook, preencher todos os dados necessários e partilhar periodicamente informações sobre o restaurante. É preciso criar uma comunidade. Para tal, deverá publicar conteúdos variados que impliquem a participação das pessoas que seguem o restaurante, por exemplo, fotografias de diferentes pratos para a nova ementa pedindo aos clientes para votarem (através dos “Gosto”) nos seus favoritos. Pode, igualmente, solicitar-lhes ideias para novas criações ou propor um concurso no qual o prato vencedor receba o nome do cliente. Visite a página do Yo Sushi, em Londres, cujo conteúdo é muito animado. A estratégia de marketing desta cadeia de restaurantes é atrair um público jovem. A sua página do Facebook apresenta, portanto, conteúdo estimulante (concursos, fotografias motivantes, imagens da boa relação entre o pessoal, informações pertinentes, humor, descontos e promoções) num tom muito natural.

– Instagram:

É normal utilizar esta rede social para publicar fotografias e vídeos curtos dos seus produtos e serviços. Mas a tendência atual é mostrar o lado humano do restaurante. Se quer fidelizar os clientes, mostre a verdadeira cara do estabelecimento, os processos utilizados para servir os pratos, a atividade do pessoal, os acontecimentos especiais, etc., de modo a provar a quem o segue que faz parte da grande família do restaurante. Por exemplo, a conta do restaurante Balls à Paris no Instagram reflete esta proximidade, com bom gosto e com um estilo próprio.

– Twitter:

Esta rede é perfeita para atrair clientes e comunicar em tempo real durante a realização de eventos. Esta permite, igualmente, atrair diretores ou funcionários à hora de almoço.

Graças ao seu caráter imediato, pode utilizá-la para informar os seus seguidores sobre as suas atividades diárias e envolvê-los. É assim que faz o chef Miquel Soria, que descreve constantemente as suas deslocações na sua conta do Twitter, com bons resultados.

– Google +:

Trata-se da rede social da Google que é prioritária nos resultados exibidos pelo seu motor de busca. Assim, para que o restaurante surja no Google, é fundamental ter uma conta ativa no Google Plus e partilhar regularmente conteúdos pertinentes com os seus seguidores. É essencial incluir “hashtags” com as suas palavras-chave na descrição das suas publicações. Deste modo irá ganhar visibilidade.

– TripAdvisor:

Trata-se da maior comunidade de viajantes a nível mundial. É um excelente meio para conseguir publicidade direta, ganhar visibilidade e atrair novos clientes através do método de passa palavra no mercado da hotelaria e restauração. Os utilizadores avaliam e deixam a respetiva avaliação do estabelecimento e podem colocar perguntas sobre o restaurante. Tem, assim, a possibilidade de se valorizar cuidando da atenção dispensada ao cliente e analisando as observações com vista a melhorar o restaurante.

#2-  Publicações específicas em cada rede

As definições, os utilizadores e o objeto são diferentes em cada rede social. Portanto, ainda que possa parecer vantajoso fazer uma única publicação e partilhá-la em todas as redes, isto nem sempre dá bons resultados em termos de marketing para o restaurante. Pense que, por exemplo, para visualizar uma publicação no seu mural do Facebook, muitas vezes é necessário registar-se numa conta do Instagram. Isto origina uma frustração contraproducente. As publicações do Twitter, repletas de “hashtags” partilhadas no Facebook também não fazem muito sentido.

Os horários e a regularidade das publicações também variam para cada uma destas redes. É, portanto, conveniente adaptar os textos a cada conta e programar diferentes publicações para cada uma das redes. Ferramentas de gestão de conteúdos, como a Hootsuite, podem ajudá-lo nesta tarefa, de modo a ganhar tempo e obter melhores resultados.

#3- Dê toda a sua atenção aos clientes

Um estudo levado a cabo pela agência The Northridge Group revela que 17% dos utilizadores que colocam questões através das redes sociais querem uma resposta imediata, enquanto 32% destes potenciais clientes esperam um dia e 35% uma semana ou mais. Deste modo, se responder às perguntas dos clientes com rapidez e eficiência, irá destacar-se e ganhar uma importante vantagem competitiva. Nas redes sociais, é importante responder a todos os contributos dos utilizadores, quer se tratem de comentários ou de mensagens privadas, e, fazê-lo com rapidez. Pode definir os horários nos quais consulta as contas sociais do restaurante para responder aos clientes. Isto gera confiança, reforça as interações e demonstra empenho no marketing do restaurante.

#4- Promova as contas das redes sociais no restaurante

Integre os endereços das contas das redes sociais na decoração do espaço (quadros, ardósias), na ementa ou na conta. É o mínimo para estabelecer a ligação entre as suas comunicações online e offline. Depois pode dar provas de criatividade e explorar o espaço do restaurante como montra das suas contas virtuais. A equipa do Restaurant Panenka, em Madrid, elaborou uma estratégia muito interessante para a sua inauguração, em 2014: afixaram dois ecrãs que exibiam em tempo real as interações nas redes sociais, incentivando os clientes a participar.  90 dias depois, tinham recolhido mais de um milhão de publicações só no Twitter. O impacto publicitário foi enorme.

Pode, também, propor uma rede Wi-Fi social, que consiste em oferecer aos clientes uma ligação gratuita à Internet no restaurante em troca dos respetivos dados e de ações a realizar nas suas redes sociais. Para que o cliente se possa ligar terá, por exemplo, de seguir a página do restaurante no Facebook e/ou partilhar uma publicação na qual indique que se encontra no estabelecimento. Pode, igualmente, oferecer um desconto por estas publicações, numa iniciativa em que todos beneficiam.

#5- Envolva o pessoal

A promoção começa dentro do próprio restaurante. Incentive os elementos do pessoal a criarem as suas próprias contas, nas quais poderão partilhar conteúdos das páginas do restaurante e contribuir de forma ativa. Se as pessoas que trabalham consigo forem fãs do restaurante, isto significa que as suas publicações são coerentes. É um excelente meio de projetar uma imagem de harmonia e de autenticidade.


Por fim, lembre-se de que os elementos essenciais na utilização das redes sociais para fins de marketing do restaurante são a regularidade e o planeamento. Comece por fixar objetivos claros para cada rede social, defina a estratégia de partilha de conteúdos, crie um programa de produção, publicação, de resposta aos clientes e de consulta dos resultados, de forma contínua. Está pronto para dar vida às suas redes sociais?

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Junte-se aos mais de 65 000   restaurantes já inscritos no TheFork- Experimente o TheFork sem compromisso -

Junte-se à maior comunidade de restaurantes no mundo e desfrute de:

  •  Centralização de todas as reservas num único software
  •  Disponibilidade de lugares atualizada diariamente
  •  O seu restaurante reservável no TheFork, TripAdvisor e outros canais
  •  Plano personalizado da sala de refeições
  •  Botão de reservas no seu website, Instagram e Facebook
  •  O TheFork tem uma equipa dedicada e preparada para o ajudar
loading

Estamos a confecionar o seu pedido.

O seu registo continuará dentro de segundos

 

Dados do restaurante

Experimente e, se não ficar convencido, simplesmente cancele.

Dados de contacto