Restaurantes pop up: edições limitadas para captar clientes

#captaçao de clientes#conquistar clientes#restaurantes pop up

Os restaurantes efémeros estão a ter cada vez mais força com formatos inovadores na captação de clientes destes tempos. E o tempo é precisamente o fator chave no êxito destas experiências, pois os clientes sentem-se especialmente atraídos pelas edições limitadas, onde o “só por poucos dias” produz uma necessidade de consumo imediata.

Outro elemento que também fascina nos restaurantes pop up é a mobilidade. Por serem projetos que vão mudando de lugar e em alguns casos de staff, geram expetativa e curiosidade que costumam esgotar as suas reservas assim que são anunciados. Um boom que lhes está a dar inclusive um certo prestígio cultural dentro do setor.

Parece-lhe interessante esta tendência gastronómica?

Beba um café, sente-se comodamente no seu lugar e continue a ler sobre as diferentes formas de captação de clientes dos restaurantes pop up. Talvez até se proponha a montar um!

Equipas gastronómicas que fazem experiências pop up

No seu conceito original, os restaurantes pop up são equipas gastronómicas que circulam por diferentes espaços, oferecendo o seu produto durante dias, semanas, meses ou épocas.  Funcionam com todos os elementos de um restaurante convencional, mas sem uma sede fixa e é aí onde reside a magia do seu espetáculo com data de validade.

Restaurante: Albert
Data: de 19 a 22 de abril de 2017.
Localização: terraço do edifício Vanderborght, durante o Independent Art de Bruxelas

Um bom exemplo deste formato, é o grupo Point Albert, que monta e desmonta o universo do seu restaurante pop up Albert segundo a ocasião. Na imagem, são a atração gastronómica da mais recente edição da Feira Independente de Artes de Bruxelas.

Restaurantes que abrem as suas instalações a restaurantes pop up

Há restaurantes que participam desta tendência, abrindo os seus espaços a outros restaurantes por um tempo limitado, como forma de aumentarem a sua captação de novos clientes e também a sua fidelização, já que os seus clientes habituais agradecem a oportunidade de experimentarem pratos confecionados por novas mãos, nas mesmas mesas que costumam reservar.

Restaurante fixo: Eataly
Restaurante Pop up: Assud
Data: de 1 a 28 de fevereiro de 2018.
Localização: Milão, Itália.

A cadeia de alimentos Eataly, conhecida por promover a produção gastronómica local, organizou um evento para dar a conhecer a cultura culinária da Sicília nos seus fogões e, ao mesmo tempo, oferecer uma experiência pop up. Para tal, abriu as portas do seu restaurante em Milão ao restaurante pop up Assud, cuja equipa cozinhou durante um mês, um menu de degustação composto por receitas do sul de Itália elaboradas com produtos locais.

.

Dados: Caso ofereça experiências pop up lembre-se de as publicar no seu perfil de TheFork para que os clientes façam as suas reservas e assegurar-se assim da sua ocupação. Clique aqui caso ainda não esteja na nossa plataforma.

Restaurantes que mudam temporalmente e têm uma experiência pop up

O caso contrário do exemplo anterior. Um restaurante muda durante um tempo a sua localização, a sua ementa, estilo e até mesmo a sua imagem para se converter em pop up. Uma boa estratégia para aumentar a visibilidade em redes sociais como o Instagram, por exemplo, já que os seguidores certamente se surpreenderão com esta nova faceta do restaurante. Também serve como estratégia pontual para subir as vendas em datas chave.

Restaurante: Bon Bon
Projeto Pop up: Bistro d’été
Data: de 4 de julho a 2 de setembro de 2017.
Localização: Restaurante María em Bruxelas, Bélgica.

Em 2017, o reconhecido chefe Christophe Hardiquest e a sua equipa do restaurante Bon Bon, tiveram que fazer umas remodelações que demoraram dois meses. Como não se podiam permitir financeiramente a fechar durante tanto tempo, criaram o Bistrot d’Été, uma experiência pop up que instalaram no mítico restaurante Maria de Bruxelas durante o verão. O resultado foi que os clientes ficaram com vontade de mais, o que lhes permitiu captá-los para a reabertura do Bon Bon em setembro.

Restaurantes que convidam chefes para fazerem eventos pop up

Na era em que os chefes são vistos como “estrelas de rock”, é natural que abundem os eventos pop up onde os protagonistas são estes mesmos. Pode-se tratar de estrelas Michelin ou de jovens talentos, o certo é que os clientes reservam a sua cadeira com suficiente antecedência de forma a conseguirem desfrutar deste prazer efémero.

Restaurante: Les Résidents
Data: muda constantemente.
Localização: Paris.

Como o seu nome o indica, é um restaurante de chefes. O conceito é que haja sempre na cozinha cozinheiros residentes e que os clientes tenham sempre diversas experiências culinárias. Os seus donos apostaram por uma aventura onde jovens talentos vivem a experiência de serem chefes de cozinha antes de se lançarem a abrir os seus próprios negócios, enquanto os seus clientes experimentam diferentes criações, ingredientes, receitas e sabores de diversas latitudes.

.

O que lhe parece a tendência dos restaurantes efémeros? Um grande desafio! Certo? Uma estratégia de captação de clientes que implica um bom conceito, uma coordenação exemplar, acertar em cheio nos lugares e eventos onde os levar e evidentemente, muita criatividade para deixar os clientes boquiabertos. Já alguma vez pensou em ter um projeto similar?

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Junte-se aos mais de 50 000   restaurantes já inscritos no TheFork- Experimente o TheFork sem compromisso -