Na gestão de restaurantes há falhas perfeitamente naturais que todos os gerentes cometem, especialmente ao abrirem o negócio. No entanto, há outros erros que podem ser calculados e evitados antes de chegar a uma situação sem saída. Em TheFork, compilámos alguns dos mais comuns para que não o apanhem desprevenido.

1 – Ter uma ementa muito extensa

Há restaurantes que querem abranger todos os gostos, oferecendo uma infinidade de diferentes pratos. Na sua cozinha prepara-se sushi, hambúrgueres e risotos ao mesmo tempo. Esta estratégia poderia funcionar em restaurantes que vivam exclusivamente do turismo. Mas os restaurantes que pretenderem fidelizar os seus clientes e ter rendimentos estáveis, cometerão um erro ao apresentarem uma ementa tão vasta e contraditória.

Na verdade, segundo as últimas tendências, os melhores resultados são obtidos pelos restaurantes especializados, dedicados a um produto estrela, já que os clientes são cada vez mais foodies e gourmets.

2 – Ter uma decoração confusa

Para além da comida, a decoração é outro dos aspetos chave da gestão de restaurantes. Há negócios que não prestam atenção a este aspeto e recebem os seus clientes em espaços incómodos e sem personalidade. O resultado é que os clientes não estabelecem qualquer tipo de conexão com o local e regra geral não voltam.

O ideal é definir uma decoração que espelhe o estilo do negócio. Nas tendências atuais são os restaurantes temáticos, onde a ementa, mobiliário, cores, materiais e todos os elementos transmitem o mesmo conceito, que têm êxito.

Leia neste artigo as últimas tendências em decoração de restaurantes

3 – Ignorar a concorrência

Há gerentes que administram o restaurante com excesso de confiança, esquecendo-se da concorrência. Na verdade, existem cada vez mais restaurantes e cada vez é mais fácil encontrá-los e reservar uma mesa nos mesmos. Por isso, olhar demasiado para o próprio umbigo seria um erro, pois para além de perder clientela, pode perder o sentido da realidade.

Analisar constantemente a concorrência é fundamental, pois permite ver, como se de um espelho se tratasse, o que funciona ou não. Ao observar a concorrência, é possível conhecer novas e boas ideias que poderá adaptar ao seu negócio, e mais importante ainda, saber o que definitivamente não deve ser feito.  

4 – Gestão de restaurantes sem plano de negócios

Há restaurantes que quando abrem as suas portas atraem clientes, mas quando deixam de ser novidade, começam a ficar vazios sem perceberem a razão. Depois, vão experimentando várias estratégias de uma forma desordenada, mas sem que nenhuma tenha resultados constantes.

Assim sendo, é imprescindível a realização de um plano com a estimativa dos resultados que se esperam a curto, médio e até mesmo longo prazo, embora este plano tenha que ser constantemente alterado pelo percurso. Um planeamento não só da rentabilidade e dos benefícios, como também de aspetos como a evolução da qualidade gastronómica, do serviço, da equipa, etc. Gerir um restaurante com umas pautas claras, é sempre melhor que não ter nenhuma meta e esperar que os clientes cheguem por magia.

Conscientes desta necessidade em TheFork criámos o software de gestão de reservas, com várias funcionalidades para o ajudar a tomar as suas decisões de negócio.

Clique aqui para planificar o seu negócio com TheFork Manager

5 – Não ser digital

Na gestão de restaurantes de hoje em dia, é muito importante manter-se sempre atualizado. Tanto no software que permite gerir as reservas eficazmente, como na visibilidade online que atualmente é indispensável para atrair clientes e até no Wi-Fi gratuito que oferece e que o diferencia da concorrência, o digital está presente.

Assim sendo, os restaurantes que não têm uma adaptação neste sentido e que continuam a pensar que os seus clientes não estão nas redes sociais, embora tenham uma boa reputação e listas de espera, a qualquer momento podem inverter esta situação. Para além disso, os recursos digitais servem para melhorar e facilitar os processos de gestão dos restaurantes, por isso… Porque razão os negaria?

Clique aqui para que o seu restaurante ganhe visibilidade com TheFork

Cometer erros é completamente normal numa empresa tão complexa como é um restaurante. No entanto, há falhas que com senso comum e uma boa gestão, podem ser evitadas. Esperamos que estes conselhos lhe tenham sido úteis para que consiga encher o seu restaurante sem estes obstáculos, ou pelo menos para que os resolva atempadamente.

Outros artigos que lhe poderão interessar

TheFork gestão de restaurantes Den moderne restaurant fra A til Z

Conselhos

A restauração moderna de A a Z (parte 1)

TheFork 7 truques para a contratação temporária de pessoal gestão de restaurantes

Conselhos

7 truques para a contratação temporária de pessoal

Administre os seus menus de grupos com o TheFork Manager

Ferramenta TheFork

Gira os seus menus de grupos com TheFork Manager

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Junte-se aos mais de 40 000   restaurantes já inscritos no TheFork- Experimente o TheFork sem compromisso -