Toda a ação de marketing de restaurantes de êxito, começa por ter um bom plano. Um plano onde sejam analisados, definidos e estruturados os passos a seguir, e que contenha todas as estratégias a serem implementadas para consolidar o negócio. Um documento que, tal como um mapa do tesouro, vá marcando a rota para alcançar os objetivos. 

É o plano de marketing de restaurantes. Já o desenvolveu alguma vez?

Em TheFork consideramo-lo imprescindível, especialmente nestes tempos de grande concorrência na restauração. É por isso que hoje vamos diretamente ao assunto, para lhe mostrarmos como elaborar um plano de marketing e como retirar o máximo rendimento do seu restaurante.

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantes

Antes de mais, foquemo-nos numa questão:

Que vantagens oferece um plano de marketing aos proprietários de restaurantes?

  • Permite conhecer detalhadamente o negócio, as suas limitações e os seus pontos fortes, para tomar decisões a partir de uma situação real, assim como as limitações e potencialidades do ambiente circundante e de todos os elementos que interagem com o restaurante.
  • Facilita a visualização do que se pretende e a definição de objetivos alcançáveis.
  • Permite também, ter um esquema com ações concretas, que ajudarão a alcançar estes objetivos ao longo do tempo.

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantesCom a finalidade de facilitar a compreensão deste processo, desenvolveremos um plano de marketing de um restaurante ao qual chamaremos Ocean.  É um restaurante situado na marginal de uma cidade costeira com cerca de 200 mil habitantes, com cozinha mediterrânea e com capacidade para 80 clientes.  

Vamos a isso!

Passo 1 –  Analisar o mercado

Qualquer plano de marketing deve começar por uma avaliação completa do negócio. Um passo imprescindível para sabermos com o que podemos ou não contar. Algo como fazer um inventário de tudo o que compõe o restaurante na atualidade, tanto dentro como fora.

Em marketing, utiliza-se uma ferramenta para fazer esta análise. Chama-se FOFA (Análise SWOT), e são as siglas dos seguintes aspetos:

FORÇAS (aspeto interno): elementos que diferenciam o restaurante. Vantagens em relação à concorrência.

OPORTUNIDADES (aspeto externo): nichos de mercado em expansão. Tendências favoráveis. Hábitos de consumo e estilos de vida que impulsionam as vendas.

FRAQUEZAS (aspeto interno): desvantagens do negócio em relação à concorrência. Limitações e aspetos a melhorar.

AMEAÇAS (aspeto externo): mudanças negativas no ambiente circundante. A concorrência é muito forte? É difícil posicionar-se na zona?

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantes

Se o aplicarmos ao nosso restaurante Ocean, poderíamos obter uma matriz como esta, com todos os fatores internos e externos que formam a sua realidade:

FORÇAS OPORTUNIDADES

– Conta com um excelente fornecedor de polvo da região.

– Tem uma boa localização numa esquina chave da zona, perto do ponto turístico, mas também de uma zona de escritórios.

– Está em crescimento a construção de edifícios corporativos.

– A tendência do afterwork impõe-se na zona e cada vez mais executivos vêm para consumir.

FRAQUEZAS AMEAÇAS

– A sua cozinha é mediterrânea, com pratos de marisco e peixe, mas não tem um produto que o diferencie da concorrência.

– A sua ocupação é fraca às quartas-feiras no serviço de almoços e às quintas-feiras no serviço de jantares.

– A imagem de marca e a decoração do restaurante estão ultrapassadas.

– A zona é turística de praia, e por vezes aparece um novo restaurante a oferecer comida mediterrânea e produtos do mar.

A concorrência

Outro dos passos importantes desta análise FOFA, é realizar um estudo minucioso da concorrência do restaurante, prestando especial atenção a:

  • Às ofertas e preços que oferecem.
  • O tipo de cliente que se senta nas suas mesas.
  • As suas fraquezas: têm serviços vazios? Repetem a oferta da zona?

Comparando estas características da concorrência com as mesmas do nosso restaurante, podemos tirar proveito da situação.

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantesNo caso de Ocean, a concorrência é bastante forte por estar numa zona turística, cuja atração gastronómica principal são os produtos do mar. No entanto, praticamente todos os estabelecimentos repetem o mesmo modelo de negócio, servindo mais ou menos o mesmo tipo de produtos e estão orientados exclusivamente para os turistas.

Aqui detetámos uma oportunidade: A especialização. Ocean poderia converter-se num restaurante especializado num dos produtos da zona, exclusivo e gourmet como é o polvo, por exemplo, tendo em vista a excelente matéria-prima que teria à sua disposição.

O potencial cliente

Os clientes são a razão de ser dos restaurantes, pelo que estando neste ponto, também é imprescindível definir pormenorizadamente o perfil do cliente que desejamos atrair e fidelizar.

Para o fazermos, há diversas ferramentas. Hoje em dia, redes sociais como o Facebook, permitem obter informações bastante pormenorizadas sobre os utilizadores e clientes online, como dados demográficos, gostos e hábitos de consumo, ideais para encontrar um perfil de potencial cliente. Leia este artigo para saber mais sobre este tema.

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantesOs atuais clientes de Ocean, são maioritariamente turistas de passagem, o que torna complicado conseguir uma fidelização e destacar-se da concorrência. No entanto, neste ponto também detetámos uma oportunidade, pois aumenta a presença de executiv@s e de empresas de tecnologia na zona. Um nicho de mercado que necessitará lugares próximos para comer.

Poderíamos começar assim a focar o plano de marketing de Ocean sobre este perfil:

  • Homens e mulheres dos 30 aos 55 anos. Executivos, empresários, com poder aquisitivo médio alto e amantes da comida do mar.

Passo 2 – Definir os objetivos

Com toda a informação recompilada até agora, já podemos estabelecer uns objetivos exequíveis para o negócio. Neste sentido, o ideal é ter um objetivo macro e uns objetivos mais pontuais que ajudem a consegui-lo.

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantes

No caso dos objetivos do nosso exemplo Ocean, teríamos um grande objetivo  geral que certamente seria para ser conquistado a longo prazo, e uns objetivos específicos com diferentes prazos de realização:

.

Geral

  • Posicionar-se como restaurante especializado em polvo entre os clientes executivos da zona.

Específicos

  • Conseguir a especialização em polvo.
  • Sofisticar a imagem do restaurante para o adaptar ao potencial cliente.
  • Captar novos clientes para todos os seus serviços.
  • Aumentar as reservas no serviço das quartas-feiras à hora do almoço e quintas à noite.
  • Aumentar as reservas online em todos os seus serviços.

Passo 3 – O Plano de marketing de restaurantes

Com objetivos claros, chegou a altura de estruturar as ações concretas que nos levarão a conseguir alcançá-los passo a passo.

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantes

Para que tenha uma ideia, as principais ações do plano de marketing de Ocean, poderiam ser as seguintes:

.

Mudanças na imagem

  • Modificar o logo, as cores corporativas e o conceito visual do restaurante, para lhe dar um toque mais elegante e moderno e assim captar o potencial cliente.
  • Adaptar a decoração a esta nova imagem.
  • Realizar fotografias de toda a nova oferta e imagem do restaurante, imprimir um novo material publicitário e atualizar todos os canais digitais.
  • Criar um novo storytelling baseado nas preferências do novo potencial cliente.

Mudanças na oferta gastronómica

  • Incluir receitas novas com o polvo como produto principal para obter a especialização.
  • Reinventar receitas clássicas que se peçam sempre, para as diferenciar da concorrência.
  • Incluir acompanhamentos rentáveis que combinem perfeitamente com o produto estrela.
  • Incluir uma carta de bebidas especial, cocktails e licores que combinem bem com o produto principal, e que também sirvam para atrair os executivos da zona.
  • Criar um novo menu com os novos pratos e bebidas.

Ações de marketing digital

  • Ativar e potenciar principalmente duas redes sociais: o Twitter (de maior utilização entre os clientes executivos) e o Facebook.
  • Criar um blog dentro da web, para gerar e partilhar conteúdo sobre os interesses deste potencial cliente e do seu estilo de vida.
  • Desenvolver uma estratégia de promoção através de concursos em redes sociais para levantar os serviços mortos de quarta e quinta, como inquéritos de conhecimento, trivias, etc. que sejam atraentes para o potencial cliente de Ocean.
  • Otimizar os perfis do restaurante em portais especializados como TheFork e TripAdvisor com visibilidade local e global, para atrair novos clientes.

Reservas

Criar o documento

Toda a estratégia e conteúdo que desenvolvemos para o nosso plano de marketing, deve estar presente num documento que nos sirva de guia.

O plano terá objetivos a realizar em diferentes prazos de tempo, pelo que, o mais prático, é criar um template onde possa visualizar as ações segundo semanas, meses e ano.

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantes

Criámos o seguinte template, para que possa visualizar facilmente como ficaria o plano de marketing do nosso exemplo, Ocean:

TheFork Como fazer um plano de marketing de restaurantes

Como pode ver, trata-se de um template simples, onde se distribuem facilmente as diferentes áreas do restaurante, os objetivos de cada área, as ações concretas através do tempo e as pessoas encarregues de as levarem a cabo. A ideia é preenchê-lo com as diferentes estratégias ao longo dos meses até completar o ano.

Se quiser começar a estruturar um plano de marketing consolidado como o do nosso exemplo Ocean e utilizar este template, clique aqui e faça o seu download de forma gratuita.

E lembre-se que, embora cada plano possa mudar segundo as necessidades e características do restaurante, os passos antes mencionados e este modelo de template, representam uma boa base para começar o planeamento de qualquer negócio de restauração e ir alcançando os objetivos propostos.

Preparad@ para iniciar esta aventura? Não perca mais tempo e veja o passo 1!

Outros artigos que lhe poderão interessar

TheFork - 5 erros para evitar no perfil de Instagram do restaurante publicidade dos restaurantes

Conselhos

5 erros a evitar no perfil do Instagram do restaurante

Conselhos

Crie a melhor imagem gráfica em marketing de restaurantes

TheFork O menu como ferramenta de marketing de restaurante

Ferramenta TheFork

O menu como ferramenta de marketing de restaurantes

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Junte-se aos mais de 40 000   restaurantes já inscritos no TheFork- Experimente o TheFork sem compromisso -