Uma interessante tendência é a de atrair clientes através da rotação de chefes na cozinha dos restaurantes. Trata-se de uma estratégia para chamar à atenção dos clientes e dar ênfase à oferta gastronómica do negócio.

Embora seja evidente que cada restaurante tem a sua fórmula de êxito e estilo próprios, também é inegável que as necessidades dos clientes estão a mudar, e o restaurante que deseje ver as suas mesas cheias, deve ter em conta tendências como esta.

Seja qual for a natureza do seu negócio, poderá ser uma excelente ideia rodar chefes, fazer promoção desta rotação e ver se funciona para atrair clientes.

Qual é o objetivo?

Que restaurantes e chefes possam nutrir-se mutuamente de forma constante. Um ganhar-ganhar, onde os clientes reagem muito positivamente.

De onde vem esta tendência?

Surge conjuntamente com a tendência Bistronomy, que surgiu em França em finais dos anos 90, após uma crise económica sofrida nos restaurantes de alta cozinha. Chamam-na a democratização da alta gastronomia, pois impulsionou talentosos chefes a cozinhar em locais de formato mais pequeno, estilo bistrô e a preços mais económicos.

Com esta, a figura do chefe libertou-se da tradição de pertencer a um só lugar, para se repartir e partilhar a sua paixão com diferentes locais. Os restaurantes, por sua vez, detetaram que os clientes respondiam cada vez mais positivamente às novidades, ao que era fresco e diferente, e abriram as suas cozinhas para que diferentes chefes satisfizessem a maior quantidade de paladares.

Como o fazer?

Apresentamos-lhe 3 formas:

1 – Chefe temporal

O restaurante tem uma equipa fixa de cozinheiros, mas contrata temporalmente um chefe diferente para liderar a sua equipa, de forma a refrescar a oferta, ter variedade e atrair novos clientes. O chefe por sua vez, utiliza a experiência para crescer no seu ofício.  

Assim o faz…

Agora Café

O espaço de coworking The Agora Collective em Berlim, conta com esta cafetaria onde de 3 em 3 meses, um novo cozinheiro dirige os seus fogões. O resultado é que o menu muda constantemente e os empresários do coworking agradecem-no enchendo as suas mesas.

A verdade é que a rotação trouxe novos projetos ao espaço, pois os chefes oferecem workshops de cozinha saudável, de reciclagem de alimentos e cultura sustentável para a comunidade. Mais que um restaurante, converteu-se num laboratório onde os cozinheiros experimentam livremente e o local aumenta progressivamente os seus lucros.

TheFork Rotação de chefes: uma ideia original para atrair clientes

Agora Café web

2 – Chefes convidados

O restaurante tem uma equipa fixa de cozinha e convida regularmente chefes nómadas, para dar um toque diferente à ementa e conseguir assim atrair clientes.

Um exemplo?

Ikarius

É um restaurante situado no aeroporto de Salzburgo-Áustria, onde todos os meses a ementa é desenhada por um chefe de fama internacional distinta. É indiferente a procedência ou o estilo culinário, neste local, é possível comer as especialidades de chefes tão magníficos como o belga Kobe Desramaults, o inglês Ben Greeno ou o norueguês Esben Holmboe Bang.

Um desafio para o restaurante pois teria que se adaptar todos os meses a um novo chefe, a uma nova ementa e a uma nova forma de fazer as coisas, mas cujo esforço valeu a pena, tendo em conta o êxito que ostentam desde o ano de 2003, quando eram poucos os que apostavam por este.

TheFork Rotação de chefes: uma ideia original para atrair clientes

Ikarius Instagram

3 – Cozinha pop up

O restaurante muda completamente o pessoal da sua cozinha com uma certa regularidade, servindo assim como um local para que chefes emergentes façam a sua carreira, assim como chefes consagrados ofereçam os seus manjares a diferentes clientelas.

Assim se faz em:

The Table by

De outubro de 2014 a junho de 2016, o restaurante Urso Hotel & Spa em Madrid-Espanha, converteu-se em The Table by, um projeto que consistiu em oferecer 6 propostas gastronómicas diferentes, através das criações de 6 talentosos chefes.

Durante este tempo, o restaurante mudou a sua ementa, pessoal e decoração, para se transformar e atrair clientes. Uma ideia de negócio que lhe deixou uma consagrada reputação, para além de ter tido impacto na zona.

Patricia Fernández, gerente do Urso, explicou ao New York Times: “Não queríamos ter um restaurante de hotel tradicional. Queríamos que o restaurante fosse um local onde os habitantes de Madrid quisessem vir com frequência, que desse um ambiente mais vivo e mais interessante ao bairro”.

TheFork Rotação de chefes: uma ideia original para atrair clientes

The Table by Instagram

Caso decida atrair clientes com esta estratégia de marketing, lembre-se de promover o seu chefe da época no seu perfil de TheFork, pois trar-lhe-á um valor acrescentado frente à concorrência.

Também poderá divulgar estes eventos, através das campanhas de email que poderá enviar com TheFork Manager.

O mais importante é que o seu negócio possa aproveitar estas tendências para que o seu restaurante melhore constantemente, para além de passar a estar sempre cheio.

Vários chefes. Não lhe parece uma boa ideia?

Outros artigos que lhe poderão interessar

Conselhos

Atreva-se a inovar para atrair clientes para o restaurante

TheFork Atrair clientes - Um restaurante mais saudável atrai mais clientes

Conselhos

Um restaurante mais saudável atrai mais clientes

TheFork Erros no perfil do Facebook do restaurante - Atrair clientes

Conselhos

Erros no perfil do Facebook do restaurante

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Junte-se aos mais de 40 000   restaurantes já inscritos no TheFork- Experimente o TheFork sem compromisso -