Em restauração dizemos adeus ao empratamento tradicional, com novas tendências gastronómicas que pretendem a informalidade e a criatividade na exposição dos pratos dos restaurantes. A clássica apresentação do prato redondo e talheres ao lado está a mudar. Já não se trata apenas de colocar a comida sobre o prato, mas sim de utilizar outras ferramentas que oferecem experiências culinárias mais completas.

Hoje, falamos de 3 tendências gastronómicas fáceis de implementar e o suficientemente atraentes para roubarem um sorriso aos seus clientes, para além de lhes fazer crescer água na boca. Se quiser dar um toque moderno ao seu restaurante, guarde a sua loiça antiga e dê azos à sua imaginação:

Copinhos

TheFork Tendências gastronómicas: Copos, latas de conserva e finger food

Atrever-se-ia a trocar o prato por um copinho de vidro para apresentar uma salada de lagostins? Pois poderia considerá-lo, já que representa muito mais que uma simples mudança de forma. Por um lado, empratar em copinhos permite degustar os alimentos de uma forma mais prática e fácil, já que todos os ingredientes ficarão concentrados num espaço mais reduzido e vertical. Para além disso, esta condensação melhora a qualidade da experiência gastronómica, combinando camadas de sabores, cores e texturas.

Por outro lado, a apresentação em copinhos é versátil, pois funciona muito bem tanto em receitas salgadas como doces, frias ou quentes, aperitivos, primeiros pratos ou sobremesas. Nestes é possível servir tudo! Sendo bastante comum utilizá-los para servir sobremesas de várias camadas de chocolate, por exemplo, ou cremes, mousses, cocktails de marisco e molhos. O formato mais utilizado são os copinhos de licor e os clássicos com tampa onde se costumam comercializar as compotas. Uma opção casual e delicada ao mesmo tempo, perfeita para reinventar a forma como apresenta os seus manjares.

Latas de conserva

TheFork Tendências gastronómicas: Copos, latas de conserva e finger food

Como poderíamos imaginar que as latas de conserva, utilizadas como produto de subsistência, passariam a ser as protagonistas da criatividade culinária internacional? Pois, é verdade! E tudo indica que será uma tendência na apresentação de pratos de longa duração. A ideia é realizar receitas com os produtos que vêm nas latas de conserva, como anchovas, sardinhas, berbigões, legumes, etc., e o mais importante, é reutilizar as latas como pratos. Até existem empresas que vendem as latas vazias para que possam ser utilizadas como loiça no sector hoteleiro.

A moda das latas de conserva como oferta gourmet tem mais força em países como a França e a Espanha, onde se iniciou, pela sua longa tradição neste sector industrial, mas está a estender-se rapidamente a outros países. Uma tendência interessante onde as latas de conserva deixam de ser um produto de segunda categoria, para se tornarem nas eleitas de grandes chefes como forma de inovarem a forma de apresentar as suas criações. Inclusive há restaurantes especializados nesta tendência gastronómica, onde tudo gira à volta destas. Um jantar completo servido em latas de conserva? O íman perfeito para atrair a curiosidade dos clientes!

Finger Food

TheFork Tendências gastronómicas: Copos, latas de conserva e finger food

Numa explicação rápida, Finger Food refere-se a alimentos que são consumidos com os dedos. Como tendência gastronómica consiste em apresentar a comida em porções pequenas, com formas diversas e originais para oferecer uma maior variedade aos clientes. A ideia é sintetizar os sabores de um grande prato numa porção pequena, servida como espetada, na forma de chupa-chupa, cone, mini wrap, em pratinhos, colheres pequenas, etc.

Provém por sua vez de duas tendências. Por um lado do do it your self (Fá-lo tu mesmo), onde os clientes fartos das cadeias de consumo, e do servir o mesmo para todos, procuram produtos diferentes, criativos e artesanais. E na mesma linha, também responde à tendência de communal living (vida comunitária), onde os consumidores, especialmente os Millennials, se sentem atraídos por experiências onde a chave é conviver com os outros. Se juntarmos os dois conceitos, produtos originais que facilitem o ato de partilhar, temos uma estratégia extraordinária para captar clientes no seu restaurante, através do Finger Food.

Pode aplicá-lo para servir aperitivos nos seus eventos especiais tipo brunch e afterwork, para apresentar receitas criativas nas suas ementas de degustação, ou como um toque diferenciador das suas sobremesas ou pratos clássicos da sua ementa. De certeza que os seus clientes apreciá-lo-ão.

Servir os alimentos em copinhos, latas de conserva ou em pequenas sandes ao estilo finger food, oferece várias vantagens:

  • Nos 3 casos, os alimentos são servidos em quantidades menores que os pratos habituais, o que ajuda a ter um maior controlo dos custos e a poupar em matéria-prima.
  • Para além disso, é uma forma de aumentar a qualidade da oferta gastronómica e por conseguinte o prestígio do seu negócio.

Está preparado para se juntar a estas tendências gastronómicas? Esperamos que sim!

Outros artigos que lhe poderão interessar

Conselhos

Atreva-se a inovar para atrair clientes para o restaurante

Conselhos

Crie a melhor imagem gráfica em marketing de restaurantes

TheFork O menu como ferramenta de marketing de restaurante

Ferramenta TheFork

O menu como ferramenta de marketing de restaurantes

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Junte-se aos mais de 40 000   restaurantes já inscritos no TheFork- Experimente o TheFork sem compromisso -