Guia para fidelizar clientes com a carta de vinhos

A frase “não há vinhos ruins, mas diferentes paladares” é repetida frequentemente em nosso setor, e com razão. É por isso que para fidelizar clientes no restaurante é ideal ter uma carta de vinhos bem sortida, já que não há fórmulas exatas quando se trata de agradar os clientes. Diz-se também que os clientes julgam as qualidades de um restaurante de acordo com a sua carta de vinhos”. O que significa que a variedade e a escolha da oferta são os dois aspectos mais levados em consideração.

Você está feliz com a carta de vinhos do seu restaurante? Ela ajuda você a fidelizar clientes?

Leia abaixo um miniguia para que seus clientes se tornem fãs da sua carta deste elixir dos deuses.

O que deve ser levado em consideração ao elaborar a carta de vinhos?

TheFork Guia para fidelizar clientes com a carta de vinhosA oferta gastronômica

A primeira coisa ao escolher vinhos é [bk link building id=”54929″ test=”que harmonizem com a comida”]. Um restaurante de peixes, por exemplo, poderia ter uma oferta maior de vinhos para este tipo de produto (brancos, rosés secos, tintos jovens, cava), da mesma forma que um restaurante de carnes com vinhos tintos. Ou como um restaurante japonês, cuja culinária mistura peixe, porco, vitela, crus e frituras, precisaria ter uma oferta de vinhos variada em acidez, corpo e frescor para combinar com todos os seus pratos.

Guia para fidelizar clientes com a carta de vinhosA origem

Com a tendência saudável, os clientes não se surpreendem mais com grandes marcas ou com produtos muito elaborados. Pelo contrário. Preferem os vinhos da região, provenientes de pequenas e médias vinícolas familiares, que representam um consumo justo e sustentável. Por isso, avaliar a oferta de vinhos da região seria a segunda coisa a levar em consideração. Hoje, encontrar vinhos orgânicos na carta é muito bom para a imagem do restaurante.

Guia para fidelizar clientes com a carta de vinhosO tipo de cliente

O consumo de vinho tem variado extraordinariamente nos últimos anos. Se antes era um produto mais tradicional, consumido por um cliente mais maduro, hoje o vinho encanta a todos. Especialmente aos clientes jovens, que encontram no vinho uma maneira sofisticada de consumir bebidas alcoólicas acompanhando suas refeições. Nesse sentido, é importante dar-lhes a opção de pedir por taça, pois é uma maneira mais fácil de consumir.

O que querem os millennials?

Os clientes nascidos a partir dos anos oitenta encontram no vinho um valor social, e mostram isso nas suas redes sociais. Não há diretrizes para agradá-los, mas existem tendências:

  • Gostam de bom vinho com um bom preço. Não dão muita importância à variedade, mas sim à relação preço-qualidade.  “para a taça” dos seus vinhos para este tipo de cliente
  • Deixam-se levar pelos comentários on-line de outros clientes, de influenciadores e da comunidade digital em geral.
  • Tendem a gostar de vinhos elaborados com uvas tempranillo, frutados, suaves e fáceis ao paladar na hora de combiná-los com a refeição.
  • Amam descontos. Para fidelizar com a carta de vinhos, é muito estratégico oferecer promoções e descontos frequentemente, sempre com atenção à qualidade.

Fidelizar os amante de vilnho

Para fidelizar os clientes mais exigentes, é preciso oferecer a eles uma experiência mais completa. Em princípio, eles se concentrarão na escolha de vinhos e na variedade; depois, nas informações que recebem sobre a oferta. Tendem a mostrar grande interesse pela história por trás de cada garrafa, das adegas e em quaisquer dados que possam surpreendê-los. Aqui, o sommelier desempenha um papel de protagonismo.

São os clientes perfeitos para aplicar a técnica upselling, já que estão dispostos a pagar por vinhos mais caros e exclusivos, se a equipe souber como vendê-los.

Guia para fidelizar clientes com a carta de vinhosO vinho da casa

Ter um vinho da casa é uma tradição que pode ser benéfica, dependendo do tipo de negócio. Por exemplo, diz-se que os restaurantes mais elegantes não têm vinho da casa, pois está associado a baixa qualidade. No entanto, há outros negócios nos quais os clientes valorizam muito desfrutar de um bom vinho da casa e sentir que se encaixam em seu orçamento. Se quiser oferecê-lo em seu restaurante, certifique-se de escolher um bom vinho, agradável a vários paladares, que combine com diferentes pratos e, é claro, que seja rentável.

Detalhes na sua carta de vinhos …

Depois de feita a seleção, é importante colocar essas informações na carta:

  • O nome do vinho e da adega.
  • O tipo de vinho: tinto, rosè, branco etc.
  • O nome da denominação de origem.
  • A região produtora.
  • O ano da coleta da uva.
  • O preço.

Também é muito útil colocar as características do vinho (suave, frutado, seco…) e até com quais pratos ou sabores harmoniza melhor, para ajudar os clientes a se decidirem.

Guia para fidelizar clientes com a carta de vinhosO vinho como protagonista dos seus eventos

Uma excelente maneira de fidelizar os clientes é fazer degustações de vinhos e seminários de enologia em seu restaurante. Outra, é organizar eventos especiais para apresentar os pratos do seu novo cardápio juntamente com a nova oferta de vinhos. Uma estratégia que você pode promover fortemente em suas redes sociais, por meio de vídeos ao vivo no Instagram e no Facebook e até mesmo convidando influenciadores de vinho, para que falem da sua oferta.

Guia para fidelizar clientes com a carta de vinhosFidelizar clientes com seu banco de dados e carta de vinhos

Uma forma de saber de quais vinhos seus clientes gostam é registrar seus hábitos de consumo em um banco de dados, como o do TheFork Manager. Uma ferramenta usada pelos nossos restaurantes parceiros para apontar as preferências de seus clientes e, depois, analisar seus hábitos de consumo por meio das estatísticas geradas pelo sistema. Como quais vinhos são os mais e os menos pedidos, durante quais serviços, com que tipo de refeição etc.

Se você ainda não tem o TheFork Manager no seu restaurante, clique aqui.

As melhores cartas do setor

La Gaffe, em Saint-Florent

O restaurante La Gaffe, em Saint-Florent, é um dos mais reconhecidos na França por sua oferta de vinhos. Tanto é assim que ganhou o prêmio de melhor carta de vinhos na categoria de restaurantes tradicionais e gourmets, no Tour des Cartes 2018.  O único concurso nacional que premia as melhores cartas de vinhos deste país, que tem uma grande tradição de vinhos.  

Rekondo, em San Sebastián

Rekondo é um restaurante 2 estrelas Michelin, localizado em Donostia, na Espanha, conhecido como “universidade do vinho”, já que possui mais de 127.000 garrafas de mais de 20 países. Uma adega excepcional, reconhecida como uma das melhores do mundo, e que também recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais.

. Como você pode ver, é um momento muito interessante para tirar o máximo proveito do vinho! na hora de fidelizar clientes. Um momento em que é um excelente sinal entrar em um restaurante e encontrar uma variedade de vinhos em suas mesas. Sua carta de vinhos está à altura do seu restaurante? Ela o representa? Agrada aos seus clientes? Esperamos que todas as suas respostas sejam afirmativas.

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Mais de 67 000 trabalham com o TheFork - Experimente sem compromisso -

Junte-se à maior comunidade de restaurantes do mundo e desfrute de:

  • Reservas centralizadas em um software
  • Disponibilidade real diária
  • O seu restaurante pode ser reservado no TheFork, TripAdvisor e mais
  • Mapa do salão personalizado
  • Botão de reserva no seu próprio site, no Instagram e no Facebook
  • TheFork é uma equipe com pessoas reais que estão prontas e dispostas para ajudar você
loading

Estamos preparando o seu pedido.

Em alguns segundos, você continuará com seu registro

 

Informações do restaurante

R$

Experimente e, se não ficar convencido, simplesmente cancele.

Informações de contato