Atrair clientes através do rodízio de chefs na cozinha dos restaurantes tornou-se uma tendência interessante. Trata-se de uma estratégia para chamar a atenção dos clientes e agregar valor à oferta gastronômica do estabelecimento.

Ainda que esteja claro que cada restaurante tem a sua fórmula de sucesso e um estilo próprio, também não podemos negar que as necessidades dos clientes estão mudando. Por isso, o restaurante que deseja ver as suas mesas cheias deve levar em conta tendências como esta.

Seja qual for a natureza do seu negócio, pode ser uma excelente ideia adotar o rodízio de chefs, fazer propaganda desta ação ver se ela funciona  para atrair clientes ao seu restaurante.

Qual é o objetivo?

Que tanto os restaurantes quanto os chefs possam se divulgar mutuamente e de forma constante. É uma ação em que ambos os lados ganham, e a qual os clientes reagem muito bem.

De onde vem?

A origem do rodizio de chefs vem da tendência da Bistronomia, que surgiu na França no final dos anos 90, depois de uma crise econômica sofrida nos restaurantes de alta gastronomia. É chamada de a democratização da alta gastronomia, pois impulsionou chefs talentosos e irem cozinhar em locais menores, no estilo bistrô, e a trabalhar com preços mais baixos.

Com isso, a figura do chef se libertou da tradição de pertencer a um só lugar, passando a distribuir e compartilhar a sua paixão em diferentes locais e os restaurantes viram que os clientes respondiam positivamente ao novo, ao fresco e ao diferente, e abriram suas cozinhas para que diferentes chefs pudessem agradar a maior quantidade de paladares.

Mas…Como colocar isto em prática?

Apresentamos 3 maneiras que nós recomendamos no TheFork:

1 – Chef Temporário

O restaurante tem uma lista fixa de cozinheiros, mas contrata, de tempos em tempos, um diferente líder de equipe para variar o cardápio e atrair novos clientes. E o chef, por sua vez, utiliza a casa para se tornar reconhecido e crescer em sua profissão.  

Exemplo:

Agora Café

O espaço de coworking The Agora Collective, em Berlim, conta com esta cafeteria onde, a cada 3 meses, um novo cozinheiro assume os seus fogões. O resultado é que o cardápio muda constantemente, e os empresários do coworking agradecem, o que enche suas mesas.

A verdade é que o rodízio atraiu novos projetos ao espaço, pois os chefs oferecem oficinas de culinária saudável, reciclagem de alimentos e horta sustentável para a comunidade. Mais que um restaurante, o espaço se transformou em um laboratório, onde os cozinheiros experimentam livremente, e o local aumenta progressivamente os seus lucros.

TheFork Rodízio de chefs: uma ideia original para atrair clientes

Agora Café

2 – Chefs convidados

O restaurante tem uma equipe fixa na cozinha, porém convida, regularmente, chefs para dar um toque diferente ao cardápio e atrair mais clientes.

Exemplo:

Ikarius

O Ikarius é um restaurante localizado no aeroporto de Salzburgo-Áustria, onde a cada mês o cardápio é desenhado por um chef com renome internacional diferente. Não importa a procedência ou o estilo culinário, neste local, é possível comer as especialidades de chefs tão magníficos como o belga Kobe Desramaults, o inglês Ben Greeno ou o norueguês Esben Holmboe Bang.

É um desafio para o restaurante, pois ele deve se adaptar, a cada mês, a um novo chef, a um novo cardápio e a uma maneira de fazer as coisas, mas cujo esforço vale a pena, tendo em vista o sucesso que ostenta desde 2003, quando poucos ainda apostavam neste modelo inovador.

TheFork Rodízio de chefs: uma ideia original para atrair clientes

Ikarius

3 – Cozinha Pop-Up

O restaurante muda completamente o pessoal de sua cozinha a cada período de tempo determinado, servindo como um local para que chefs emergentes façam carreira e para que chefs consagrados ofereçam sua culinária a diferentes clientes.

Exemplo:

The Table by

De outubro de 2014 a junho de 2016, o restaurante do Urso Hotel & Spa, em Madrid, na Espanha, se transformou em The Table by, um projeto que consistiu em oferecer 6 propostas gastronômicas diferentes, saídas das mãos de 6 talentosos chefs.

Durante este período, o restaurante mudou o seu cardápio, o seu pessoal e sua decoração para atrair novos clientes. Uma ideia de negócio que deu a ele uma consagrada reputação, além de ter causado impacto na região.

Patricia Fernández, gerente do Urso, explicou ao New York Times: “Não queríamos fazer um restaurante de hotel tradicional. Queríamos que o restaurante fosse um lugar em que as pessoas que vivem em Madrid quisessem vir sempre, dando um ambiente mais vivo e mais interessante ao bairro”.

TheFork Rodízio de chefs: uma ideia original para atrair clientes

The Table by

Se decidir atrair clientes com esta estratégia, lembre-se de promover o chef da temporada no seu perfil do TheFork, pois isso lhe dará um valor agregado frente à concorrência.

Também pode fazer a propaganda desses eventos em campanhas de e-mail marketing, que pode enviar aos clientes com o TheFork Manager.

O importante é que o seu negócio possa se beneficiar dessas tendências para que o seu restaurante, além de estar sempre cheio, melhore constantemente.

Vários chefs parece ser uma boa ideia para seu restaurante?

Outros artigos que lhe poderão interessar

TheFork turismo gastronômico

Dicas

Junte-se ao boom do turismo gastronômico

Dicas

A personalização no marketing de restaurantes

Dicas

5 truques de marketing ao entregar a conta no seu restaurante

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Mais de 40 000 trabalham com o TheFork - Experimente sem compromisso -