Como diminuir o turnover no seu restaurante?

Combata o turnover no seio do seu restaurante

O turnover tem vindo a tornar-se num dos maiores inconvenientes para qualquer empresa. Todos nós conhecemos esta tendência como “rotação do pessoal”, no seio de uma organização. Atualmente, os casos de saídas, reformas e demissões de um ou mais membros da equipa são cada vez mais frequentes. A época em que o objetivo de qualquer trabalhador era obter um contrato fixo e mantê-lo, a qualquer custo, já acabou. Hoje em dia, vivemos num período em que os trabalhadores já não são empregados, mas sim colaboradores, que estão em constante busca de não só melhores condições de trabalho como também de melhores vantagens. Consequentemente e de forma a alcançarem-nas, estão preparados de saltar de posto para posto, procurando a melhor oferta e o melhor ambiente de trabalho.

Porquê combater o turnover?

Como já vimos anteriormente, o turnover está em pleno crescimento, sobretudo na área metropolitana. No entanto, o seu crescimento é ainda mais acentuado no setor da restauração, onde a oferta de emprego é superior à procura e onde as condições  e horários de trabalho podem ser atípicos. Este turnover deve corresponder a uma das suas preocupações e por isso devem combatê-lo pelas seguintes razões:

  • No âmbito da restauração, o turnover pode ser considerado como uma “fuga de cérebros”. Um termo utilizado em economia para definir a fuga de recursos qualificados para países estrangeiros, que apresentam condições de vida e, consequentemente, de trabalho mais atraentes. No nosso setor, refere-se especialmente à saída de um colaborador para a concorrência. Portanto, todos os colaboradores que o deixam é visto como a perda de um colaborador com formação na sua organização, nas suas ferramentas. Para além disso, é muito provável que conheça também muito bem o seu restaurante, os seus clientes e os seus hábitos e, ainda, a sua carta. Desta forma, perde um recurso valioso no seu negócio que terá de substituir.
  • No entanto, é também uma perda de outro recurso precioso: tempo! E neste caso, o seu!
    Começa uma corrida contra o relógio para substituir esse colaborador por outro, que seja tão ou mais eficaz. No entanto, sabemos o que perdemos, mas nunca o que ganhamos. Existe o risco de não encontrar alguém à altura. Este colaborador terá que ser formado para trabalhar no seu restaurante, com as suas ferramentas e de acordo com os hábitos dos seus clientes.  Isto pode demorar vários dias, ou até semanas.
  • Tudo isto nos leva a concluir que podemos correr riscos. O risco de que esse ou esses novos colaboradores não estejam à altura do trabalho proposto, acabando por cometer erros. Desta forma estes erros podem custar muito mais do que tempo. Erros que podem conduzir à perda de clientes, à deterioração da sua reputação e, consequentemente, corresponder a um deficit para a sua receita de vendas e para não estejam dispostos a cometer erros que podem custar muito mais que o tempo, mas que perdem clientes e, finalmente, um deficit para a sua receita de vendas.

É, por isso, que a luta contra o turnover pode melhorar significativamente a produtividade do seu restaurante, o seu ambiente, as competências dos seus colaboradores e, por fim, a satisfação dos seus clientes e os seus lucros.

Em seguida, explicaremos como lutar contra a rotação da sua equipa.

Tunrover - empregada de mesa

Que estratégias deve implementar?

Certamente que já ouviu falar da nova tendência, “happy management“, que surgiu nos Estados Unidos nos anos 2000. Anos mais tarde, chegou a Portugal, começando a conquistar as nossas empresas. Assim, esta gestão acabou por se revelar extremamente eficaz. De facto, as empresas e os seus directores começaram a a aperceber-se de que as boas condições de trabalho se reflectem no aumento da produtividade dos seus colaboradores e, assim, nos lucros da empresa. Consequentemente, o seu turnover acaba por descer. Qual é a receita do sucesso?

gráfico número um futuro restaurantes Melhore a sua seleção durante as entrevistas

Encontre a pérola rara. Dê preferência à qualidade dos seus recursos e não à quantidade. Para além disso, dedique, também, mais tempo à seleção dos seus futuros colaboradores.

gráfico número dois futuro restaurantes Envie uma reavaliação financeira individual

No início, encontramos a pérola rara. Agora só temos que nos preocupar com os argumentos para a manter connosco.  Neste parâmetro, podem ser adotadas várias estratégias:

  • Aumentar, na medida do possível, a remuneração dos seus colaboradores, oferecendo, assim, um pouco acima da média do mercado, para que não sejam atraídos pelos concorrentes.
  • Implementar uma política de promoção interna, que pode ser difícil de implementar em pequenas estruturas, mas é muito adequada para instituições maiores. É então uma questão de apresentar ao seu colaborador, assim que chegar, as possibilidades de evolução dentro do restaurante ou do grupo de restaurantes, se o seu desempenho estiver de acordo com as expectativas. Por esta razão, deve criar um plano real de política de evolução para os Recursos Humanos.
  • Por fim, deve adotar um sistema de bónus individual, que seja claro e atencioso, de forma a oferecer uma motivação acrescida aos seus colaboradores, implementando um espírito de competição saudável e construtivo. Para além disso, pode criar um pódio para os 3 melhores empregados de mesa ou implementar metas e objetivos para cada colaborador, com um bónus caso sejam alcançados.

Neste último caso, é importante ter especial atenção ao seu comportamento para com os seus trabalhadores. O sistema de bónus pode conduzir a muita pressão nos empregados de mesa e é precisamente isto que se pretende evitar a todo o custo, na nossa luta contra o turnover. Como proprietário de um restaurante, é também E é precisamente isto comportamento em relação a eles será decisivo. O sistema de bónus pode levar a muita pressão e esgotamento nos empregados de mesa. É isso que queremos evitar a todo custo na nossa luta contra o turnover. Como proprietário de um restaurante, é também responsável por encontrar o equilíbrio entre a motivação e a pressão.

gráfico número três futuro restaurantes Privilegie também o reconhecimento individual do trabalho fornecido pelos seus colaboradores

Primeiramente, deve existir um reconhecimento verbalizado: incentivo durante o serviço e agradecimento no final. Da mesma forma, no final de cada trimestre, uma reunião da equipa com os seus funcionários, onde apresentará a evolução dos seus principais desempenhos (volume de negócios, taxa de ocupação, recibo médio, etc.). Será uma oportunidade para agradecer, mas também para partilhar com eles as suas áreas de melhoria, os seus objetivos e projetos para o próximo trimestre. Não só para os motivar, como também para os desafiar, o que desencadeará neles um sentimento de consideração, importância e predisposição para cumprir os objetivos.

Turnover - teambuilding

gráfico número quatro futuro restaurantes Garantir um forte sentido de pertença

O terceiro ponto conduz-nos naturalmente a este quarto ponto. O reconhecimento individual do trabalho de cada colaborador também faz com que o colaborador se sinta preocupado com o desempenho do restaurante.
Por esta razão, trata-se de aprofundar o sentido de pertença da sua equipa. Mas como?

  • Com pesquisas sobre bem-estar, workshop de reflexão sobre como o restaurante pode melhorar, algumas consultas de clientes, projetos e eventos que o restaurante poderia lançar.
  • Igualmente, com teambuilding. Partilhe momentos de entretenimento com a sua equipa, para que se conheçam melhor e colaborem mais facilmente, posteriormente. Bowling, jogo de fuga ou simplesmente jogos de tabuleiro. Desta forma, irá contribuir para uma equipa sólida e com uma grande cumplicidade.
  • Recompense a lealdade dos seus colaboradores. Dependendo do desempenho e do tempo que o colaborador trabalha para o nosso estabelecimento, oferecemos coisas simples: caixas de atividades, vales-presente ou bilhetes de cinema, por exemplo, que podem estar a preços baixos.

gráfico número cinco futuro restaurantes Melhorar as condições de trabalho

Os horários dos trabalhadores e proprietários de um restaurante sao frequentemente muito desafiantes. Podemos começar muito cedo pela manhã, terminar muito tarde à noite e fazer grandes intervalos entre os serviços. Avalie financeiramente estas condições de trabalho, que podem, por vezes, ser complicadas de gerir e de o às vezes difíceis para gerir e organizar as suas agendas da melhor forma possível, para que nenhum dos seus funcionários se sinta prejudicado. Para tal, privilegie o diálogo. Não hesite em perguntar a opinião deles. Obviamente, não podemos agradar a todos, mas um colaborador entenderá e aceitará as suas decisões mais facilmente através do diálogo. Isto evitará desconforto e frustração. Faça intervalos e feriados para preservar a saúde dos seus funcionários ​​e garantir-lhes um equilíbrio entre a vida profissional e pessoal.

Torne este parâmetro mais financeiramente mais atraente e organize os seus horários, para que nenhum trabalhador se sinta prejudicado. A melhor estratégia é conversar sobre o assunto e ouvir as opiniões dos seus trabalhadores. No entanto, tenha em mente que dificilmente agradará todos, pelo que é importante que fale com eles, para que entendam mais facilmente as suas decisões. Para além disso, é absolutamente importante que os seus trabalhadores tenham intervalos e dias de folga, para que se mantenham saudáveis e apresente um equilíbrio.

Encontre o líder de equipa que tem dentro de si. 

segmentação clientes restaurante Comunique

Nunca pare de comunicar com as suas equipas. Interesse-se por eles. “Quais são as suas paixões?”, “como estão a sentir-se agora?”… Nos desvios de conversas mais íntimas e informais, descobrirá os seus universos ou dificuldades que às vezes podem explicar alguns dos seus comportamentos. Isto permitirá que entenda melhor as reações e adapte as suas abordagens futuras.

segmentação clientes restaurante Transmita o seu know-how

A transmissão do seu know-how e conhecimento para as suas equipas permitirá que elas desenvolvam competências e sejam mais eficazes. Isto pode ser alcançado de diferentes formas:

  • Dê-lhes um feedback regular sobre o seu trabalho.
    Para ser construtivo, o feedback deve assumir uma determinada forma. Chame o seu colaborador à parte, comece com os aspetos positivos e depois as áreas de melhoria, assim como as dicas da sua própria experiência na área de restauração.
  • Faça formação em grupo sobre os tópicos da sua escolha (administração de caixa, atendimento ao cliente, gestão de litígios com um cliente,…)
  • Pode ir  mais além, ao fornecer um feedback e ao formá-los em contabilidade, marketing e outras áreas importantes para a restauração.

segmentação clientes restaurante Obtenha formação

Não basta ser um bom dono de restaurante e administrar o seu restaurante com mão de mestre. Seja um gerente que dê vontade à sua equipa para se destacar. Sobre este assunto, não são as formações, os livros ou os tutoriais que estão em falta. Pode formar-se sozinho e tornar-se, em poucas semanas, num gerente ainda melhor.

Agora tem todas as cartas para combater o turnover do seu restaurante. Aproveite este novo ano para tomar boas resoluções e criar a estratégia de lealdade dos seus funcionários. Lembre-se de que um funcionário com boas condições de trabalho terá prazer em trabalhar para si e dar o melhor de si durante o seu serviço. A sua produtividade será melhor e os seus clientes ficarão mais satisfeitos. A longo prazo, isto pode resultar num aumento nas suas reservas e volume de negócios. No futuro imediato, também pode aumentar as suas reservas tornando-se um cliente do TheFork.

Fale connosco Partilhe a sua experiência e a sua opinião connosco preenchendo o formulário abaixo. A sua avaliação interessa-nos.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Junte-se aos mais de 67 000   restaurantes já inscritos no TheFork- Experimente o TheFork sem compromisso -

Junte-se à maior comunidade de restaurantes no mundo e desfrute de:

  •  Centralização de todas as reservas num único software
  •  Disponibilidade de lugares atualizada diariamente
  •  O seu restaurante reservável no TheFork, TripAdvisor e outros canais
  •  Plano personalizado da sala de refeições
  •  Botão de reservas no seu website, Instagram e Facebook
  •  O TheFork tem uma equipa dedicada e preparada para o ajudar

Dados do restaurante

    Experimente e, se não ficar convencido, simplesmente cancele.

    Dados de contacto

    • Afghanistan (+93)
    • Albania (+355)
    • Algeria (+213)
    • American Samoa (+1)
    • Andorra (+376)
    • Angola (+244)
    • Anguilla (+1)
    • Antigua and Barbuda (+1)
    • Argentina (+54)
    • Armenia (+374)
    • Aruba (+297)
    • Australia (+61)
    • Austria (+43)
    • Azerbaijan (+994)
    • Bahamas (+1)
    • Bahrain (+973)
    • Bangladesh (+880)
    • Barbados (+1)
    • Belarus (+375)
    • Belgium (+32)
    • Belize (+501)
    • Benin (+229)
    • Bermuda (+1)
    • Bhutan (+975)
    • Bolivia (+591)
    • Bonaire, Sint Eustatius and Saba (+599)
    • Bosnia and Herzegovina (+387)
    • Botswana (+267)
    • Brazil (+55)
    • British Indian Ocean Territory (+246)
    • Brunei Darussalam (+673)
    • Bulgaria (+359)
    • Burkina Faso (+226)
    • Burundi (+257)
    • Cambodia (+855)
    • Cameroon (+237)
    • Canada (+1)
    • Cape Verde (+238)
    • Cayman Islands (+1)
    • Central African Republic (+236)
    • Chad (+235)
    • Chile (+56)
    • China (+86)
    • Christmas Island (+61)
    • Cocos (Keeling) Islands (+61)
    • Colombia (+57)
    • Comoros (+269)
    • Congo (+242)
    • Congo, The Democratic Republic Of The (+243)
    • Cook Islands (+682)
    • Costa Rica (+506)
    • Croatia (+385)
    • Cuba (+53)
    • Curaçao (+599)
    • Cyprus (+357)
    • Czech Republic (+420)
    • Côte D'Ivoire (+225)
    • Denmark (+45)
    • Djibouti (+253)
    • Dominica (+1)
    • Dominican Republic (+1)
    • Ecuador (+593)
    • Egypt (+20)
    • El Salvador (+503)
    • Equatorial Guinea (+240)
    • Eritrea (+291)
    • Estonia (+372)
    • Ethiopia (+251)
    • Falkland Islands (Malvinas) (+500)
    • Faroe Islands (+298)
    • Fiji (+679)
    • Finland (+358)
    • France (+33)
    • French Guiana (+594)
    • French Polynesia (+689)
    • Gabon (+241)
    • Gambia (+220)
    • Georgia (+995)
    • Germany (+49)
    • Ghana (+233)
    • Gibraltar (+350)
    • Greece (+30)
    • Greenland (+299)
    • Grenada (+1)
    • Guadeloupe (+590)
    • Guam (+1)
    • Guatemala (+502)
    • Guernsey (+44)
    • Guinea (+224)
    • Guinea-Bissau (+245)
    • Guyana (+592)
    • Haiti (+509)
    • Holy See (Vatican City State) (+39)
    • Honduras (+504)
    • Hong Kong (+852)
    • Hungary (+36)
    • Iceland (+354)
    • India (+91)
    • Indonesia (+62)
    • Iran, Islamic Republic Of (+98)
    • Iraq (+964)
    • Ireland (+353)
    • Isle of Man (+44)
    • Israel (+972)
    • Italy (+39)
    • Jamaica (+1)
    • Japan (+81)
    • Jersey (+44)
    • Jordan (+962)
    • Kazakhstan (+7)
    • Kenya (+254)
    • Kiribati (+686)
    • Korea, Democratic People's Republic Of (+850)
    • Korea, Republic of (+82)
    • Kuwait (+965)
    • Kyrgyzstan (+996)
    • Lao People\'s Democratic Republic (+856)
    • Latvia (+371)
    • Lebanon (+961)
    • Lesotho (+266)
    • Liberia (+231)
    • Libya (+218)
    • Liechtenstein (+423)
    • Lithuania (+370)
    • Luxembourg (+352)
    • Macao (+853)
    • Macedonia, the Former Yugoslav Republic Of (+389)
    • Madagascar (+261)
    • Malawi (+265)
    • Malaysia (+60)
    • Maldives (+960)
    • Mali (+223)
    • Malta (+356)
    • Marshall Islands (+692)
    • Martinique (+596)
    • Mauritania (+222)
    • Mauritius (+230)
    • Mayotte (+262)
    • Mexico (+52)
    • Micronesia, Federated States Of (+691)
    • Moldova, Republic of (+373)
    • Monaco (+377)
    • Mongolia (+976)
    • Montenegro (+382)
    • Montserrat (+1)
    • Morocco (+212)
    • Mozambique (+258)
    • Myanmar (+95)
    • Namibia (+264)
    • Nauru (+674)
    • Nepal (+977)
    • Netherlands (+31)
    • New Caledonia (+687)
    • New Zealand (+64)
    • Nicaragua (+505)
    • Niger (+227)
    • Nigeria (+234)
    • Niue (+683)
    • Norfolk Island (+672)
    • Northern Mariana Islands (+1)
    • Norway (+47)
    • Oman (+968)
    • Pakistan (+92)
    • Palau (+680)
    • Palestine, State of (+970)
    • Panama (+507)
    • Papua New Guinea (+675)
    • Paraguay (+595)
    • Peru (+51)
    • Philippines (+63)
    • Poland (+48)
    • Portugal (+351)
    • Puerto Rico (+1)
    • Qatar (+974)
    • Romania (+40)
    • Russian Federation (+7)
    • Rwanda (+250)
    • Réunion (+262)
    • Saint Barthélemy (+590)
    • Saint Helena (+290)
    • Saint Kitts And Nevis (+1)
    • Saint Lucia (+1)
    • Saint Martin (+590)
    • Saint Pierre And Miquelon (+508)
    • Saint Vincent And The Grenadines (+1)
    • Samoa (+685)
    • San Marino (+378)
    • Sao Tome and Principe (+239)
    • Saudi Arabia (+966)
    • Senegal (+221)
    • Serbia (+381)
    • Seychelles (+248)
    • Sierra Leone (+232)
    • Singapore (+65)
    • Sint Maarten (+1)
    • Slovakia (+421)
    • Slovenia (+386)
    • Solomon Islands (+677)
    • Somalia (+252)
    • South Africa (+27)
    • South Sudan (+211)
    • Spain (+34)
    • Sri Lanka (+94)
    • Sudan (+249)
    • Suriname (+597)
    • Svalbard And Jan Mayen (+47)
    • Swaziland (+268)
    • Sweden (+46)
    • Switzerland (+41)
    • Syrian Arab Republic (+963)
    • Taiwan, Republic Of China (+886)
    • Tajikistan (+992)
    • Tanzania, United Republic of (+255)
    • Thailand (+66)
    • Timor-Leste (+670)
    • Togo (+228)
    • Tokelau (+690)
    • Tonga (+676)
    • Trinidad and Tobago (+1)
    • Tunisia (+216)
    • Turkey (+90)
    • Turkmenistan (+993)
    • Turks and Caicos Islands (+1)
    • Tuvalu (+688)
    • Uganda (+256)
    • Ukraine (+380)
    • United Arab Emirates (+971)
    • United Kingdom (+44)
    • United States (+1)
    • Uruguay (+598)
    • Uzbekistan (+998)
    • Vanuatu (+678)
    • Venezuela, Bolivarian Republic of (+58)
    • Vietnam (+84)
    • Virgin Islands, British (+1)
    • Virgin Islands, U.S. (+1)
    • Wallis and Futuna (+681)
    • Western Sahara (+212)
    • Yemen (+967)
    • Zambia (+260)
    • Zimbabwe (+263)
    • Åland Islands (+358)

    Experimente e, se não ficar convencido, simplesmente cancele.

    Criar uma conta

    Pelo menos 8 caracteres e um número

    As passwords não coincidem