Um dos principais desafios na gestão de restaurantes, é a transformação digital. O livro de reservas em papel foi substituído por um software. Agora a publicidade mais efetiva é a online e a relação com os clientes e não apenas a presencial; começa e termina na internet.

“Hoje a principal porta do restaurante não é de madeira nem de vidro, é digital”, afirma Diego Coquillat, especialista em marketing gastronómico, referindo-se à vertiginosa mudança dada no sector da restauração. Os valores de TheFork  confirmam-no:

O que representa isto na gestão de restaurantes?

Que o mundo digital e as suas ferramentas tecnológicas mudaram…

– Os hábitos de compra dos clientes.

– As suas necessidades de consumo.

– E a forma como hoje se relacionam com os restaurantes.

Pelo que os proprietários de restaurantes tiveram que se adaptar a estas tendências. Um grande desafio que lhes proporciona e proporcionará benefícios ainda maiores, pois na gestão de restaurantes, hoje em dia contamos com:

– Ferramentas que o fazem cada vez melhor. A tecnologia está ao serviço do restaurante e permite-lhe coordenar tarefas, oferecer um excelente serviço e atrair clientes de uma forma contínua.

– Maior amplitude da oferta gastronómica. A abertura na informação faz com que os clientes estejam cada vez mais abertos a experimentar ingredientes, técnicas e produtos de outras culturas, o que facilita a inovação e o crescimento a longo prazo do negócio.

– Facilidades para fidelizar clientes. Hoje não se serve só comida, oferecem-se experiências personalizadas. Através das ferramentas digitais, os proprietários de restaurantes podem conhecer as preferências dos clientes, e utilizá-las estrategicamente para conseguirem com que voltem ao restaurante.

Clique aqui para gerir o seu restaurante e fidelizar os seus clientes com TheFork Manager

A adaptação dos restaurantes em 5 níveis

A mudança é inegável, no entanto, embora as futuras gerações de restauradores já a tenham integrado, nem todos os negócios de restauração aderiram à era digital da mesma forma. Para alguns foi difícil deixar o modelo tradicional, para outros, a tecnologia assenta-lhes como uma luva. Aqui estão as 5 formas de adaptação. Qual é a do seu restaurante?

#1- Adaptação mínima

TheFork gestão de restaurantes gráfico Adaptação digital mínima

Restaurante que de momento não lhe interessa atrair mais clientes que aqueles que vêm da rua. Está orientado para satisfazer as necessidades do dia a dia, não tem visão de negócio a longo prazo, embora provavelmente possua serviço wifi e uma página no Facebook, onde publica algumas novidade de vez em quando.

 #2- Adaptação básica

TheFork gestão de restaurantes gráfico Adaptação básica

Restaurante que quer atrair mais clientes e cujo gerente é consciente de que deve estar na internet para o conseguir. Está presente em portais especializados desde há pouco tempo, recebe reservas online, tem página web e perfil em algumas redes sociais. Começa a receber clientes das promoções publicadas no Facebook, e a dar-se conta de que funciona.

Inicia a mudança do papel para o digital. A sua equipa acostumada a fazer tudo de forma manual, começa a utilizar um software de gestão de reservas, a gerar bases de dados de clientes e a gerir a sala trocando a caneta por um ecrã táctil.

#3- Adaptação média

TheFork gestão de restaurantes gráfico Adaptação média

O restaurante cuja grande parte dos clientes provem de reservas online e que agora experimenta a personalização para fidelizar. Retira o máximo partido das ferramentas para aumentar as vendas e poupar tempo. Possui um software de gestão de restaurantes, duplica as mesas, é ativo numa ou várias redes sociais, tem uma web com um motor de reservas online, responde às opiniões, está atualizado digitalmente e por isso procura ir mais longe.

O seu gerente está informado, participa em eventos e é consciente do que estão a ganhar os outros restaurantes com o mesmo perfil, graças às ferramentas digitais.  Pode tratar-se de pequenos negócios que se apercebem que através da tecnologia, podem fazer o mesmo que os grandes restaurantes.

#4- Adaptação total

TheFork gestão de restaurantes gráfico Adaptação total

O restaurante que utiliza a tecnologia para oferecer experiências multissensoriais, como os óculos de realidade virtual ou as mesas interativas.  É gerido na íntegra de uma forma digital. Utiliza as estatísticas e dados fornecidos pelo software de gestão para tomar decisões de negócio. Realiza um investimento contínuo em marketing. Gere as opiniões online, realiza campanhas de email e cuida da sua reputação digital.

#5- Novos modelos

TheFork gestão de restaurantes gráfico Novos modelos

Restaurante sem mesas nem cadeiras. Um novo modelo de negócio, onde se confeciona a comida e se entrega ao domicílio. A relação com os clientes é através de uma aplicação móvel. Maple é pioneira nestes serviços.

O que pensa de todas estas mudanças?  O seu restaurante é digital?

Seja qual for o nível de adaptação do seu negócio, o importante é compreender que a tecnologia simplesmente oferece ferramentas para melhorar a relação entre os clientes e os proprietários de restaurantes. A chave está em saber retirar-lhes o máximo partido.

Em TheFork, acreditamos convictamente que vivemos numa época fascinante para a gestão de restaurantes, e é por isso que criamos ferramentas para apoiar esta evolução. Gostaria de as conhecer? Dê o primeiro passo!

TheFork gestão de restaurantes gráfico banner Quero experimentar TheFork Manager